Star Wars: The Force Unleashed

O mais recente lançamento na saga de jogos baseados no Star Wars, SWTFU trás um grande novo fator, a força!

Este capitulo, até então não contado, relata uma história que acontece entre o Episódio 3: A Vingança dos Sith e Episódio 4: Uma nova Esperança. Ele relata a história de Darth Vader e seu aprentice, codinome Star Killer (sobrenome original de Luke Skywalker, mas trocado antes do lançamento o flime) no jogo. Do qual se sabe muito pouco, apenas que Vader o encontrou após matar seu pai, um Jedi.

O jogo tem um foco central no uso da força, sendo o seu grande diferencial e sua maior qualidade. Lançado para diversas plataformas o jogo se adaptou muito bem a todas e cada um tem uma característica propria, se compararmos a versão do Wii, com interatividade sem comparação devido ao wiimote e a versão do Xbox que como esperado tras gráficos imensament superiores que o Wii, junto com detalhes incríveis, desde o movimento dos bonecos até as farpas de casas destruidas.

Levando uma semelhança aos RPGs o jogo permite que você molde seu personagem em três áreas: Force Talents, Force Powers e Force Combos. A cada fase seu personagem aprende novos truques, desde lançar relampago pelas mãos até arremessar seu sabe de luz e “empalar” inimigos. Com isso a jogabilidade do jogo é única e adicionada à engine Havok e Euphoria tras momentos memorávies quando se joga stormtroopers pelo ar vendo eles tentando segurar objetos e se debater no ar.

Golpes de sabre de luz também são memoráveis para qualquer fã de Star Wars, a diversão de criar combos que começam no sabre de luz, seguem com choques e terminam lançando o boneco pelos ares com a força é inegualável.

Para mim o jogo durou pouco mais de 20 horas, e não foi nem tão curto, nem tão longo ao ponto de se tornar repetitivo. As fases mostram uma progressão no nivel de dificludade dos inimigos e cada fase tem um apelo diferente ou diferente situações node é possivel matar os inimigos de uma forma divertida.

O jogo apresentou um ou outro problema, em texturas, ou reconhecimento de hits, e em algum momento eu me achei voando por um espaço branco gigante, uma falha muito vista em jogos, mas nada que levasse a uma experiencia desagradavel. Ah! eu tive problemas de travamento perto do final do jogo, mas tudo indica ter sido super-aquecimento do XBox, foi só colocar ele no espaço aberto que não notei mais problemas.

A jogabilidade é excepcional, divertida e fácil de se adaptar, Até o final da primeira parte você já esta acustumado com os controles e já esta feliz lançando inimigos no abyss, onde onde quiser. Joguei ele na dificuldade padrão e não tive maiores problemas, no maimo 3 ou 4 pontos onde tive que tentar varias vezes até passar, mas um desafio legal de qlqr forma.

No final do jogo é possível escolher entre dois finais destintos, mas vou deixar só por isso, para você saber que pode quando a hora chegar. E, o que pra mim foi muito legal, após fechar o jogo, você pode recomeçar com seu personagem no nivel em que esta, portanto levar ele até o máximo de evolução, e se divertir nas primeiras fases agora com um persongem muito mais forte.

Ao contrário das outras versões (menos a PS3) o jogo se resume a isso, sem multiplayer, sem mode de batalha e isso é um ponto negativo que devo citar, mas espero que a LucasArts tome juízo e lance um patch para habilitar este módulo.

Um jogo espetacular, daria fácil um 8.5 tirando pontos apenas pelos pequenos probleminhas no caminho e a falta de um “a mais” no XBox.

comments powered by Disqus

Related Posts

Apache vs. LightHttp: função echo

Apache vs. LightHttp: função echo

  • October 29, 2006

Na versão em inglês do meu blog recebi um comentário estes dias que me deixou, “boiando”.

Read More
MSN: Amigo ou Inimigo?

MSN: Amigo ou Inimigo?

  • July 14, 2006

Pesquisa rápida: Quem nunca passou pela experiência de ter o MSN bloqueado na empresa?

Read More
The IDEs of March

The IDEs of March

  • March 15, 2012

Last Year, Chris Shiflett started the “Ideas of March” movement, and Jon Tangerine quickly coined the “Ides of March” twist and some people followed him.

Read More